Questão de estilo

Aproveito esta foto, enviada pela Associação Preserva São Paulo, para comentar um interessante estilo arquitetônico que vem se fazendo cada vez mais presente na cidade. Por falta de uma denominação mais consolidada, optei por batizá-lo de “Arquitetura da Mutilação”.

A Arquitetura da Mutilação já esteve em voga em diferentes momentos da nossa história.  Nos anos 1980 e 1990, por exemplo, ela se alastrou por edifícios residenciais de classe média alta em bairros como Higienópolis e Jardins, manifestando-se sobretudo em elementos como guaritas, grades, muros e cercas eletrificadas, em geral superpostos uns aos outros. Essa variante residencial do estilo também pode ser chamada de Arquitetura da Neurose, ou Arquitetura do Medo.

Ultimamente, o estilo também vem sendo empregado de forma muito esmerada em reformas de imóveis para uso comercial. O casarão da foto, construído no início dos anos 40 na avenida Pacaembu 1802, é um exemplar bastante ilustrativo da tendência.

O mais interessante de tudo é que este imóvel provavelmente irá abrigar uma loja de móveis ou clínica médica (é o que mais tem na avenida) que poderia funcionar perfeitamente sem destruir a fachada. Mas em São Paulo parece haver uma crença, ou superstição, segundo a qual comércios só funcionam bem em imóveis mutilados.

4 comentários
  1. Realmente, mutilados! Que dó.

  2. RSVP disse:

    Sobre a denominação utilizada para descrever os muros, cercas e grades, não é comum a expressão “arquitetura da violência”? já foi assunto de Bienal de Arquitetura, se não me engano…

  3. Sim! Eu prefiro chamá-la de arquitetura do medo, ou da neurose, porque às vezes ela resulta muito mais da fobia das pessoas do que da violência real. Outro exemplo de arquitetura do medo são os prédios construídos nos anos 40 com abrigo antiaéro. O centro de SP tem um monte deles…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: