Requiescat in pace

Em 2011, a prefeitura de São Paulo gastou 7,5 milhões de reais nos enfeites de rua do “Natal Iluminado”. Esse número não inclui os valores gastos em decorações de rua por empresas (como por exemplo os bancos que montam suas decorações na avenida Paulista), que não passam pela prefeitura.  Nesse mesmo ano, o cine Belas Artes foi despejado por falta de 50 mil reais por mês de patrocínio para pagar o aluguel.

Enquanto a cidade assistia à novela do fecha-não-fecha e do tomba-não-tomba do Belas Artes, ninguém parece ter prestado muita atenção nessa aritmética tão simples: com os 7,5 milhões gastos para enfeitar (ou enfeiar, mas essa é outra discussão) a cidade com luzinhas por um mês, daria para manter o Belas Artes aberto por 12 anos e meio. Se o dinheiro gasto pelos bancos entrar na conta, aí eu nem desconfio pra quantos anos isso sobe.

No momento em que escrevo, existe uma decisão judicial mandando reabrir o processo de tombamento do prédio, que foi arquivado no final do mês passado. Alguns comemoraram. Mas mesmo que dê resultado e garanta sobrevida ao prédio, isso não mudará a matemática da prefeitura e dos bancos: São Paulo tem milhões para luzinhas e papais noéis, mas não tem 50 paus por mês para manter em funcionamento um dos espaços mais importantes da sua identidade cultural.

(Foto OESP)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: