Pontes de tambor

Hoje em dia, as mastodônticas pontes sobre os rios Tietê e Pinheiros são personagens centrais na cidade. Enormes estruturas de concreto, debaixo das quais volta e meia algum caminhão fica entalado nas marginais. Mas nem sempre foi assim: houve um tempo em que boa parte do tráfego de pessoas entre uma margem e outra dos rios era feita por singelas pontes de madeira, como estas das fotos.

Eram várias delas, mas procurando na internet encontrei fotos de apenas duas. Em ambas as fotos dá para ver que, ao invés de se sustentarem em pilares, estas pontes eram flutuantes, construídas sobre tambores de óleo vazios que boiavam na água.

A da foto de cima ficava no rio Tietê e ligava os dois lados do bairo de vila Anastácio, dividido pelo rio. Não sei quando a foto foi tirada, mas a ponte existiu até a década de 70, quando foi construída próximo a ela a atual ponte do Piqueri.

A da foto de baixo também era no Tietê, próxima à confluência do Pinheiros – mais ou menos, portanto, no local onde hoje se situa o cebolão. Pelos trajes e penteados das moças que posam nela, dá para apostar que a foto é dos anos 60. Nem preciso dizer que a cena seria impensável hoje, na São Paulo das marginais.

(A primeira foto é de vilaanastacio.blogspot.com. A segunda é do acervo de Eliana Belo Silva, reproduzida de blogdogiesbrecht.blogspot.com)

9 comentários
  1. Rodrigo disse:

    Eu achava que essaa ponte ficava um pouco antes da do ponte do Piqueri, mais exatamente fazendo a ligação da Av. Raimundo Pereira de Magalhães, que começa de um lado do rio (V. Anastácio) e termina do outro lado (Pirituba).

  2. Martin disse:

    É possível, Rodrigo! As referências que eu encontrei são aproximadas e podem não estar muito corretas. Obrigado pelo comentário!

  3. alcir disse:

    Esta ponte de tambor de Vila Anastácio ficava na altura do Parque de Toronto; Vila Fiat Lux; que eram as casas dos funcionários da fábrica de fósforos; era o acesso desta população ao outro lado do rio.

  4. VILMA LÁZARO disse:

    A PRIMEIRA FOTO E A PONTE DE TAMBOR DA VILA FIAT LUX, MOREI LÁ DE 1950 A 1971, E SERVIA PARA CHEGARMOS A VILA ANASTÁCIO PARA COMPRAS, PEGAR O ONIBUS PARA TRABALHAR E IR PARA A ESCOLA, , POIS NA VILA FIAT LUX NÃO EXISTIA QUALQUER COMERCIO. AS PESSOAS QUE ESTÃO NA FOTO SÃO CONHECIDOS MORADORES DA VILA ANASTACIO

  5. Obrigado, Vilma!
    Aliás, acho que a vila Fiat Lux daria um ótimo post. Quem sabe escrevo sobre ela em breve…
    Um abraco!

  6. Hugo Cavalli disse:

    A segunda foto é na Vila dos Remédios. Nós a usávamos para ir para Presidente Altino e para Osasco para fazer compras e outras coisas. Aquela área que fica à direita da casa em frente a ponte hoje tem uma FATEC. À esquerda da da casa, que não aparece na foto, fica a REDE TV. No terreno onde está a casa tinha uma vila de casas mais ou menos iguais, hoje todas demolidas. O terreno está vazio e serve de depósito de carros da SABESP. Existe uma foto, tirada da mesma posição, com a ponte um pouco diferente, em uma lanchonete que fica quase ao lado da Drogaria São Paulo na Avenida dos Remédios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: