Muito mais prático

Em 1957, a casa da família Mormano foi posta à venda. Ela ficava na avenida General Olímpio da Silveira, esquina com Conselheiro Brotero, na divisa entre Higienópolis e a Barra Funda.

Pelo que se vê no anúncio, a casa devia ser espetacular. Mas na verdade o que se anunciava não era exatamente a casa, mas sim o seu “magnífico terreno”, “privilegiado para construção de lojas e apartamentos de frente para a avenida”.  Lojas e apartamentos, aliás, que nunca foram construídos. Hoje, o que existe lá é um posto de gasolina.

A foto do anúncio, que mostra a casa e o terreno vistos de cima, só pode ter sido tirada da janela de um dos apartamentos do edifício Marajó, que ficava (e ainda fica) do outro lado da avenida.

Hoje isso não teria sido necessário. Graças ao Minhocão, que passa bem ali, é possível  fotografar o terreno quase do mesmo ângulo, sem necessidade de pedir favor e incomodar os vizinhos. Ficou muito mais prático, temos que reconhecer.

(Imagens reproduzidas da Folha da Manhã de 21 de julho de 1957 e do Google Street View)

4 comentários
  1. ralphgiesbrecht disse:

    Há alguns meses “descobri” esse anuncio na Folha e adorei a casa. Também reparei o fato de ele anunciar o terreno, ou seja, que a casa se danasse! Pena: a cidade perdeu um belo casarão, mas pelo menos veio ali a opção “menos ruim”: um posto de gasolina e nenhum prédio (graças a Deus). Aliás, comparando as duas fotos, vemos que os prédios que hoje estão em volta já estavam de pé em 1957. Deviam ser então bem novos.

  2. Martin disse:

    Uma coisa que eu não entendi nesse anúncio, Ralph, é por que ele valoriza o “gradil de ferro” da casa… Se ia ser tudo derrubado mesmo, que diferença fazia o gradil? Será que tinha valor como sucata?
    Aproveitando, parabéns pelo seu blog. Sou leitor assíduo e gosto muito!

  3. Martin disse:

    E uma coisa que descobri é que a família dona do imóvel era proprietária do Cine Santa Cecília, que ficava exatamente em frente, também na esquina da Conselheiro Brotero, onde hoje existe uma loja de pneus. Mas vou deixar esse cinema para um outro post…

  4. ralphgiesbrecht disse:

    Martin, obrigado. Com relação à grade, bem, talvez (enorme chute aqui!) nessa época se valorizasse a grade para ser usada em outors locais. Mas essas grades eram bonitas mesmo!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: