Sensualizando

Vicente Caruso (1912-1986) foi um artista plástico e ilustrador que, embora tenha feito outras coisas, se destacou mesmo por ter produzido pin-ups como estes. Eram em geral ilustrações para anúncios e “folhinhas”, nome que se dava aos calendários patrocinados, desses que enfeitam as paredes de oficinas mecânicas e borracharias.

Eu confesso que gosto dessas ilustrações. Acho divertido como ele adaptou uma arte tão americana: manteve a mesma linguagem e o mesmo apelo erótico, mas tropicalizou as personagens, com rostos e formas bem mais brasileiros.

          

Bem que poderia ter parado por aí, que ficaria ótimo. Mas em determinado momento a coisa desandou. Foi quando ele perdeu a noção do ridículo e começou a cometer “pin-ups cívicos”, como esses dois aí embaixo.

Não sei se na época isso provocou risos ou foi levado a sério, mas hoje em dia não tem como não rir dessas modelos sensualizando com a bandeira e transbordando de orgulho paulista, com a cidade servindo de cenário. Tudo isso pra vender pneu e colchão…

    

Caso alguém se interesse, um exemplar do pin-up cívico da Goodyear está à venda em um antiquário e brechó na Vila Madalena. Quando dei de cara com ele, cheguei a pensar que fosse a tela original, reproduzida no anúncio. Mas olhando de perto vi que não: é um pôster em papel mesmo. Está emoldurado, judiado pelo tempo e desbotado, como dá pra ver na foto que eu tirei. Não perguntei o preço, mas não deve custar grande coisa. A loja fica na rua Rodésia, 74.

Atualização em 24 de agosto de 2016: Recebo hoje uma mensagem de um leitor, Rubens Caruso Jr., com dois comentários críticos. O primeiro é relativo à minha opinião sobre os “pin-ups cívicos” de Vicente Caruso, com a qual Rubens não concorda. Com relação a este ponto, é claro que acolho e agradeço o comentário: em matéria de apreciação de arte, não há certo nem errado, bonito nem feio. Se a obra de Vicente Caruso até hoje suscita discussões e opiniões conflitantes, é sinal de que continua viva.
O segundo comentário é sobre o fato de eu não ter dado os créditos das imagens que usei. Teria sido mais gentil, diz Rubens, se eu tivesse citado as fontes. Mais uma vez, ele tem razão. Porém, passados mais de 4 anos, já nem sei mais de onde tirei as imagens (com exceção da última, que é de minha própria autoria). Com certeza as encontrei no Google, numa simples como esta, que permite achá-las aos montes em inúmeros sites: goo.gl/rfE0S3.

7 comentários
  1. Carlos Almendra disse:

    Você ri porque não é daqui, se fosse do seu país de origem respeitaria.

  2. Martin disse:

    Carlos, eu não sei o que faz você supor que não sou daqui. Também não está claro o que significa “ser daqui” em uma cidade como São Paulo, construída por imigrantes. E não entendi muito bem que respeito é esse que você espera que eu tenha pelo desenho de uma mulher se esfregando na bandeira para vender pneus. Um abraço!

  3. beatriz rivadavia disse:

    Lembro desse “poster” em todos os barbeiros e oficinas mecânicas. Era “sexo explícito” para a época!!! kkkkkk E passávamos sem nem olhar….Oh, Martin, cada foto sua trás lembranças incríveis! Bj e muito obrigada por trazer tantas lembranças em cada foto

  4. Mauricio Lobato disse:

    Bobalhão. Qual o problema nas duas imagens que você citou? São belíssimas. Para não apreciá-las, o cara ou não gosta de SP, ou não gosta de garotas bonitas. Seja como for, não merece meu respeito.
    E que comece o #mimimi politicamente correto!

  5. Não há nenhum problema nas imagens, Maurício! Também as acho bonitas (o universo kitsch me fascina), mas quis ressaltar outra coisa nelas, além da beleza: seu inegável efeito cômico. Um abraço e relaxe.

  6. Embora discorde de sua opinião (“Foi quando ele perdeu a noção do ridículo e começou a cometer “pin-ups cívicos”, como esses dois aí embaixo. Não sei se na época isso provocou risos ou foi levado a sério”), respeito-a e não comento. Mas seria gentil, como prega o título do blog, se ao menos você citasse a fonte das imagens.
    Rubens Caruso Jr.

  7. Caro Rubens, obrigado pelo comentário. Acabo de publicar uma atualização ao texto original, a fim de respodê-lo. Um abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: