Córrego Pacaembu

Todo mundo sabe que por baixo da avenida Pacaembu passa um córrego, enterrado ali pela Cia City. Alguns devem se lembrar das enchentes que ocorriam na avenida quando chovia muito e o córrego transbordava, problema que foi resolvido (por assim dizer) com a construção de um piscinão paliativo debaixo da praça Charles Miller.

O que pouca gente sabe (ou pelo menos eu não sabia) é que em algum momento planejou-se dar ao córrego um destino muito mais digno: ele continuaria correndo a céu aberto e alimentaria “bellos lagos artificiaes”. É o que anunciava o Estadão de 3 de janeiro de 1913:

“A avenida Pacaembú (pois assim se ficará chamando provisoriamente a avenida principal, até que nome mais apropriado seja escolhido) será um prolongamento da Avenida Paulista pelo norte. No centro do Pacaembú correrá mais ou menos parallelo à avenida um amplo ‘boulevard’ ajardinado circumdando bellos lagos artificiaes, o que fará deste aprazível arrabalde um dos pontos mais pittorescos e originais, como poucas cidades européas possuem.”

Aliás, o texto do anúncio é muito curioso e merece ser lido na íntegra. Clicando na imagem, ele fica legível.

3 comentários
  1. Excelente! E ainda bem que o nome ficou provisório até hoje e não mudaram o nome para alguém “de gente”… é muito mais legal assim. Pena que a avenida teve todas as suas casas mutiladas.

  2. Às vezes dá a impressão de que as boas ideias eram logo enterradas, hehe… ou pelo menos, se essa foi executada não foi bem como disseram que seria. No entanto, a City em geral fez bons trabalhos onde pôs a mão pela cidade…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: