Direto do Japão

Esta semana o blog recebeu, direto do Japão, um presente muito raro e especial. Quem o mandou foi Tomomasa Takeda, o rapaz sorridente que aparece na primeira das nove fotos abaixo.

Tomomasa nasceu e mora em Tóquio, mas passou uma parte da vida em São Paulo. Chegou à cidade aos 14 anos de idade, em 1959, e viveu por aqui até os 37, em 1982.  Por aqui ele cresceu, trabalhou, estudou, conheceu a esposa e teve três filhas brasileiras que hoje moram com ele no Japão. Há muitos anos não vê a cidade, mas por tudo que viveu aqui conserva um afeto especial por ela.

Por email, Tomomasa me contou que os primeiros tempos em São Paulo foram muito difíceis. Seu pai, que era professor secundário de inglês, emigrou do Japão acreditando na promessa de um bom emprego em um colégio, quando desembarcasse aqui. Mas ao chegar, a promessa não se concretizou. A única saída foi empregar a família inteira em uma granja em Ferraz de Vasconcelos, nos arredores da cidade, onde todos tiveram que trabalhar duro cuidando de porcos e galinhas. Nem por isso perderam o bom humor, como se vê na primeira foto.

As demais fotos são de 1965, quando os Takeda já tinham saído da granja e moravam em um apartamento alugado na rua Rocha, na Bela Vista. Nesta época Tomomasa tinha 20 anos e continuava trabalhando para ajudar no sustento da família, além de estudar à noite para recuperar os anos de escola que tinha perdido (em 1970, seria aprovado no vestibular de Administração da PUC). E entre as horas de trabalho e as de estudo, ainda arrumava algum tempo para fotografar a cidade.

Esse hobby, contudo, não durou muito: em 1966 Tomomasa conheceu sua atual esposa e, segundo seu próprio relato, descobriu que dar atenção à namorada era  mais interessante do que tirar fotos das ruas…

Estas imagens, guardadas por 47 anos, nunca tinham sido publicadas em nenhum lugar e são mostradas aqui graças à generosidade que seu autor teve com o blog. Elas são sem dúvida registros preciosos da história da cidade. Mas na minha opinião, o que as torna ainda mais especiais é a bonita história de vida que carregam com elas.

4 comentários
  1. Caramba, que achado. Bela história também… é muito legal ver fotos desse período de São Paulo, meio “pré-explosão” da cidade…

  2. Barbara disse:

    Poxa vida! Fotos muito bonitas e ricas! Muito obrigada por compartilhar esses pequenos tesouros de nossa cidade!

  3. claudio palmeira de mello disse:

    Muito legal, interessante e inédito. Parabens!!

  4. Adoro esta foto da Marginal feita pelo Sr. Tomomasa. As outras também. São registros sinceros de um tempo bom e espero que esteja vivendo bem no Japão. Tenho interagido com ele pelo Face.
    Sempre que vejo alguma dessas fotos compartilhada em outros canais, faço questão de indicar a autoria. Hoje mesmo a vi num tweet da conta “Usuários do Metrô”. Tudo certo, por ser um assunto relevante e de utilidade pública. O objetivo foi ilustrar que já existia na época o transporte por trilhos. Tratava-se de um trecho da E.F. Sorocabana rumo ao litoral via Parelheiros/Marsilac atualmente em parte aproveitado pela linha 9 – Esmeralda, da CPTM (Osasco – Grajaú).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: