Balança mas não cai

A história oral de São Paulo registra que o viaduto do Chá (não o atual mas o anterior, demolido no final dos anos 30) tinha fama de não ser muito firme.  Algumas pessoas tinham até medo de passar por ele.

É o que conta por exemplo dona Risoleta, uma paulistana nascida em 1900, em seu depoimento ao livro “Memória e Sociedade: Lembranças de Velhos”, de Ecléa Bosi (Companhia das Letras, 1994):  “O viaduto não era esse, era outro de grades de ferro. Quando o bonde passava lá em cima as pedras tremiam, parece que ia cair”…

Olhando a foto, dá pra acreditar mesmo em dona Risoleta. Parece impossível que o viaduto não esteja tremendo muito com a passagem do bonde e dos carros.

(A foto é reprodução de um cartão postal)

3 comentários
  1. Não tem cara de muito firme o viaduto mesmo, hehehe… o livro que você citou é bom? Pareceu interessante a proposta…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: