Ideias de jerico

Dois interessantes anúncios publicados na Folha de S.Paulo em 24 de janeiro de 1971, dia em que o minhocão foi inaugurado.

O primeiro, publicado pela prefeitura, convida a população para a “solenidade” e avisa que o nome do elevado “eternizará um dos grandes nomes da Revolução de 1964”. Nesse ponto o anúncio estava certo: nada  em São Paulo eternizou tão bem o autoritarismo e a violência como essa obra.

O segundo, de uma empresa de engenharia que participou da construção, explica que o minhocão possui “3.600 metros de ideias”. Que pena: se ao menos uma delas tivesse sido boa, uma grande parte da cidade poderia ter tido outra sorte.

10 comentários
  1. É um problema, mesmo, o Minhocão. Porém, demoli-lo em minha opinião será pior, dado que hoje em dia uma construção subterranea seria cara demais por ali. O Kassab alucina tanto ou mais que o seu amigo Maluf. O grande problema do Minhocão foi ter sido contruido numa rua estreita demais para ele; um minhoc”ao na Aguas Espraiadas, como está sendo construido hoje, não causa tanto problema nem vira reduto de mendigos sob seus pilares. Outra coisa: hoje em dia, janelas anti-ruido resolveriam bastante o problema dos predios em volta.

  2. Curioso o nome da outra obra da empresa de engenharia responsável pelo projeto do Minhocão: Aeroporto Supersônico do Rio de Janeiro.

  3. A boa ideia na certa foi para os “bolsos” de alguns…

  4. sgld disse:

    curioso mesmo é vc descobrir quem era o dono da hidroservice. vou dar uma dica: pcb, depois psdb.

  5. Ápice do brutalismo em São Paulo, e olha que não faltam exemplos!

  6. sgld disse:

    já que ninguem se manifestou sobre o dono da hidroservice, aí vai mais uma dica: foi ministro das comunicacoes do fhc. abs sgold

  7. Tenho lembrança de que a empresa fechou, e o hotel faliu por conta disso. Não era a Hidroservice que montou uma firma de computadores da época da reserva de mercado, Sisco, com S? E acho que o Maksoud é um libertário de direita, como sói acontecer com empresários que vivem de obras públicas.

  8. Eu não sabia, mas fiquei curioso e fui checar… De fato, o dono da Hidroservice é o Henry Maksoud. O ministro falecido do FHC era dono da Hidrobrasileira. Não encontrei nenhuma vinculação entre as duas, a não ser o “Hidro” no nome… :/

  9. sgld disse:

    tem razao. sorry.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: