Largo Treze

Um dia destes eu tive a oportunidade de folhear uma longa reportagem sobre a cidade de São Paulo em uma revista americana dos anos 50. A matéria em si não tinha nada de excepcional: repetia aqueles chavões sobre o vertiginoso progresso da cidade que mais cresce no mundo, e era ilustrada com fotos de arranha-céus e avenidas.

Mas entre as fotos, teve uma que me chamou a atenção. A legenda em inglês explica que “uma velha igreja e uma rua de paralelepípedos nos subúrbios mostram São Paulo como era antigamente”.

Fiquei curioso para saber qual subúrbio era esse da foto. Como não conseguia identificar a igreja, recorri ao Gilberto Calixto Rios, que conhece a cidade muito melhor do que eu. O Gilberto reconheceu na hora: é a matriz de Santo Amaro, no Largo 13 de Maio.

A igreja continua igualzinha até hoje, mas o entorno mudou bastante.

A primeira foto é da Saturday Evening Post Magazine de 8 de outubro de 1955. A segunda é reproduzida do Google Street View.

2 comentários
  1. pelo que se vê, a rua foi alargada em ambos os lados..

  2. Essa igreja continuava com a mesma pintura branca até há uns 10, 12 anos atrás, quando houve uma reforma. Mas dizem que as pinturas de seu interior foram todas cobertas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: