Teoria dos fuscas

Existe uma lenda em São Paulo segundo a qual os fuscas sempre andam em pares. Se você encontrar um fusca na rua, é só dar uma olhada em volta que certamente vai ver outro. Esta foto do Copan ajuda a comprovar a teoria.

Mas o que eu mais gosto na foto é que ela é atemporal. É impossível saber quando foi tirada: pode ter sido a qualquer momento a partir da segunda metade dos anos 60, quando o prédio do Bradesco (à esquerda) e o edifício Vila Normanda (ao fundo) ficaram prontos.

420

Foto reproduzida de um site de leilões, onde estava à venda. No verso dela aparece o crédito: “WTFS photo”, seja isso lá o que for.

4 comentários
  1. Legal saber disso, Marcelo. Pena que o site não existe mais. Se existisse, esta foto serviria!

  2. gustavo giroti disse:

    talvez porque no finalzinho dos anos 60 e começo dos anos 70, o fusca respondia por 80% das vendas dos veiculos automotores

  3. Mauro Tadeu Fantini disse:

    Esta foto é dos anos 60, e o nome da rua é Unaí. (Fica entre o Copan e o Prédio do Bradesco)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: