Draga queen

Imagine o drama que seria se, hoje, uma das pontes da marginal Tietê tivesse que ser completamente interditada por três dias.

Quando a cidade era mais gentil, isso podia acontecer sem trauma. Aconteceu em maio de 1942, quando uma draga da prefeitura precisou passar sob a ponte Casa Verde. Como a draga era mais alta que a ponte, a solução foi essa que aparece nas fotos. A ponte, que era de madeira, foi cortada e depois refeita. Simples assim.

O mais interessante é a repercussão que isso teve na mídia: apenas uma notinha perdida, quase invisível, espremida num canto entre os anúncios fúnebres e uma propaganda de Magnésia Bisurada.

460“Comunica-nos a Prefeitura Municipal de São Paulo que, em virtude da passagem da draga do 2º para o 3º trecho do rio Tietê, o trânsito na Ponte da Casa Verde será interrompido a partir das 13 horas de hoje e durante três dias. Foram tomadas todas as providências para que o trânsito de pedestres seja feito através de uma passagem provisória, instalada a jusante da referida ponte. O tráfego de bondes e ônibus será mantido na av. Rudge, de um e outro lado do rio Tietê. O trânsito de veiculos da Casa Verde à cidade e vice-versa deverá ser feito ou pela Ponte do Limão (…) ou pela Ponte Grande.”

462

461

A notícia saiu no Estadão en 30 de maio de 1942. As duas fotos são reproduzidas de saudadesampa.nafoto.net, onde aparecem sem crédito de fonte.

1 comentário
  1. ruy debs disse:

    O duro seria explicar o significado da palavra ajusante! O resto tiraríamos de letra.
    Abraços Martin!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: