Promessas de um galo

“Há aqui tanta alegria… quanto confôrto, beleza e poesia!”, cantava um galo em plena avenida General Olímpio da Silveira, em 1950.

Sobre o “confôrto” não posso dizer muita coisa, porque não conheço o edifício Pacaembu por dentro.

Mas a alegria, a beleza e a poesia foram embora faz tempo. Em 1970 elas deram passagem ao minhocão.

487

O anúncio é do Estadão de 1º de outubro de 1950. Eu o reproduzi do blog Notícias de São Paulo.

E tem mais sobre o mesmo prédio neste outro post.

1 comentário
  1. Taís Brasil disse:

    De fato. E pensar que há belos edifícios justo ali, completamente solapados!…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: