A cidade que eu descobri

Em 1985, quando estas três fotos foram tiradas, eu tinha 14 anos e começava todo orgulhoso a andar sozinho pela cidade. Tudo era novidade: a cada tarde explorando o centro, descobria alguma coisa incrivelmente fascinante.

Por isso gostei das fotos: elas nem são muito boas, e talvez não digam nada a vocês, mas me fizeram reviver um pouco daquela sensação de liberdade e descoberta. A cidade que eu descobri foi exatamente essa.

As duas primeiras são do Anhangabaú (visto do viaduto do Chá) e da rua Rego Freitas, exatamente como eu os conheci.

Mas a que eu mais gosto é a terceira. Quando eu cansava de andar, voltava pra casa no trólebus Cardoso de Almeida, que aqui é visto recém-saído da praça da República, entrando na Marquês de Itu. É até possível que eu esteja dentro dele. Gosto de pensar que estou mesmo…

843

844

845

As imagens são de três slides de 35 mm, de algum turista ou viajante inglês que esteve no Brasil em julho de 1985. Infelizmente eram as três únicas de São Paulo, em meio a centenas de outras, das cidades que ele visitou.

 

7 comentários
  1. Beatriz Rivadávia disse:

    Apesar de muito mais velha do que vcs, comecei bem mais cedo. Morava na Aclimação e estudava no Mackenzie. Até os 9 anos ia com meu irmão 5 anos mais velho. Daí ele foi estudar de manhã e eu com 9 anos,no 4°ano primário, tomava um onibus a duas quadras de casa, descia na Pça da Sé, caminhava por toda Rua Direita, atravessava a Pça do Patriarca e o Viaduto do Chá e na calçada do prédio da Light tomava um bonde e descia na esquina de Consolação com Piauí e descia e subia o ladeirão até a Escola Americana (nem sei se o primário ainda tem esse nome ).Tive que fazer o 5° ano, pois não tinha idade para ir para o Ginásio. E com 11 /12 anos já fazia algum outro percurso, caminhando do Mackenzie até a Praça da República com uma galera que aprontava pelo caminho e ou tomava um ônibus na Pça da República, ou ia à pé pela Pça da República e passei a comprar roupas e sapatos sozinha. Via algo, consultava minha mãe e qdo ela concordava, dava o dinheiro e eu comprava tudo, isso foi fantástico para meu futuro, quando em 65, aos 20 anos, tive que sair do Brasil e jamais me apertei, morando em muitos países diferentes. Houve época que fazia esse caminho dos Viadutos, outros percorria toda a Av Paulista, conforme novas linhas de ônibus entravam em circulação. Criei meus filhos assim, morando em Brasília, onde classe média não tomava ônibus. Também foi fantsstico para eles, que depois foram fazer Faculdade ou Mestrado no exterior. Entendo perfeitamente seu orgulho dessa liberdade. Maravilha!

  2. Roberto Mateus disse:

    Boa tarde! Eu tinha 19-20 anos naquele tempo e frequentava muito o centro, assim como você. Ia em lojas de modelismo, como a MOBRAL (Modelismo do Brasil), na Rego Freitas, e a Casa Aerobrás, na Major Sertório, existente até hoje; as imediações do Mappim eram a cereja do bolo, pelas várias galerias e diversos camelôs que vendiam ítens de antiguidades (moedas, postais, etc) e até réplicas de insígnias militares da II WW. Saudade!!!! Abraço e PARABÉNS!!

  3. Não tem tamanho maior não?

  4. Tem sim, mas a interface de publicação do wordpress mudou recentemente, e eu não estava conseguindo mais colocar as fotos do jeito que fazia antes. Mas agora consegui dar um jeito. Já dá pra vê-las em tamanho maior, é só clicar nelas.
    Abraço!

  5. a 1 foto foi tirada praticamente do mesmo angulo da foto que deixei no post anterior do anhangabau,foto de 1914,ainda da para ver a rua do Ouvidor,entre o predio e o viaduto,se não me engano,e parece que é só,o resto desapareceu

  6. ruyacquaviva disse:

    Lindas fotos. Tenho muita saudades dessa época. Eu tinha 24 anos e a vida parecia uma grande aventura.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: