Carnaval de rua

951

A  alameda Fernão Cardim é uma ruazinha de apenas dois quarteirões, que corre paralela à avenida Paulista, começando na Brigadeiro Luís Antonio e terminando na alameda Campinas. Hoje ela é basicamente um corredor de guaritas e grades de segurança, que não se presta muito a festividades. Mas há 50 anos, era cenário dos carnavais de Mariana Pabst Martins.

Mariana é a mais alta das meninas que aparecem no portão, posando com suas fantasias no carnaval de 1967. Um pouco mais à esquerda, protegido pelo toldo que servia de garagem, aparece o DKW Fissore do pai de Mariana, o artista plástico Aldemir Martins.

A casa, segundo nos conta Mariana, foi demolida nos anos 70 junto com a vizinha da esquerda, no auge da febre imobiliária que alterou  a paisagem dos Jardins, substituindo as casinhas, mansões e cortiços que formavam um bairro misto e variado, pelo mar de prédios homogêneos que conhecemos hoje.

No lugar das duas casas, hoje existe o edifício alto e gradeado que se vê na foto abaixo, do Google. Seu “estilo neoclássico” relembra um passado que São Paulo nunca teve. E seu nome, “Mansão Fragonard”, homenageia o francês Jean-Honoré Fragonard, artista plástico do século 18 que, ao contrário do pai de Mariana, nunca teve nada a ver com o lugar.

Arquitetura neoclássica de carro alegórico e homenagem barroca de samba enredo…
Pensando bem, de alguma maneira o local conseguiu conservar, sim, a atmosfera festiva do carnaval.

 

952
(Agradeço à Mariana, que pela segunda vez compartilhou conosco suas fotos e memórias.)

4 comentários
  1. Michel Rodrigues disse:

    Que presenças honrosas.
    Nada mais verdadeiro que a tradução do
    Alinhamento do
    Neoclássico brasileiro com a prática que o
    Abriga.

  2. Lindo seu BLOG!!! Estou seguindo!!! Siga o meu também!!! Beijos!!!

  3. A fotografia do casarão antigo que vi no seu post, fez-me lembrar a minha infância no Brasil, quando ainda havia tantas casas como esta. Onde estão? Será que ainda existem uma tantas?

  4. da silva amado disse:

    Bon dia vi seu blog por acaso, et desculpe de comentar, et tambem as faltas ou erros de escritura,
    So para dizer nasci nessa rua en 1960 et 1967 sai do brasil et nunca mais fui ai, mas a nostalgia é muito grande et saudades tamben. gostava de ver mais fotos .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: