O sobrinho do chapeleiro

O post de hoje é um presente muito especial que o blog ganhou da Beatriz Rivadávia, uma de suas leitoras mais assíduas.

A foto é de 1912 e mostra a casa, na esquina da avenida Brigadeiro Luís Antônio com a rua Riachuelo, em que a mãe da Beatriz nasceria no ano seguinte. Hoje o terreno está ocupado pelo prédio anexo da Faculdade de Direito da USP, mas na época era ali que os avós de Beatriz moravam e mantinham sua “fabrica de chapeos para senhoras”.

O avô de Beatriz está em pé junto ao portão, posando com empregados e familiares. Na placa em cima dele, é possível ler: “Manuel Artacho, fabricante de chapeos de palha. Reformam-se quaesquer chapeos”. E com isto entendemos melhor de onde veio o talento comercial de um sobrinho de Manuel (e tio de Beatriz) que ficou famoso anos depois: João Artacho Jurado.

751

Atualização em 24 de janeiro de 2018: Três anos e pouco depois de publicar este texto, recebo mais um presente, tão especial e carinhoso como o primeiro.
Desta vez, quem nos presenteia é a Silva Artacho, prima da Beatriz e sobrinha-neta do chapeleiro Manuel. A Silvia tinha esta outra cópia da foto, mais nítida do que a publicada em 2014, então resolveu mandá-la para o blog.
Agora podemos examinar melhor os detalhes da fachada e ler com mais clareza o letreiro em cima do portão. Mas o mais interessante, pelo menos para mim, é a poder ver os rostos das pessoas. Vale a pena clicar na foto para ampliá-la e contemplar estas expressões de 1912.
Deixo aqui as duas versões da foto, junto com meu agradecimento à Silvia e à Beatriz por compartilharem conosco esta memória familiar tão bonita, que também é memória da cidade.1004

5 comentários
  1. Beatriz Rivadávia disse:

    Martin querido, esta foto não é um presente, pois presentes são os que vc nos dá todas as semanas. Eu apenas estou compartilhando, com você e seus seguidores, uma foto de família. Pela localização, ficou interessante para seu blog, já que hoje é o anexo das Arcadas.Fico feliz de vc ter gostado!

  2. Carla Silva disse:

    Nossa que foto linda!

  3. Lindo post Martin e obrigado Beatriz Rivadávia por ter compartilhado esse tesouro de família com todos nós.

  4. Laércio Apparecido Curvelo disse:

    Obrigado senhora Beatriz por compartilhar conosco a foto e parte da história de sua família.

  5. Muito bacana. Outro dia mesmo passei a pé defronte a essa casa e parei para asmirá-la.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: